Um filho fazendo a barba do pai com os dizeres: O paciente de Alzheimer

Alzheimer: saiba o que é e como lidar com a doença

Data de publicação: 29/10/2019 09:03:00
Categoria: Geriatria e Longevidade

A Doença de Alzheimer ou mal de Alzheimer, é um tipo de demência que apresenta transtorno neurodegenerativo progressivo e irreversível, que se agrava ao longo do tempo causando danos a certas funções cerebrais. 

A maioria das vítimas acometidas por Alzheimer são os idosos, que por consequência apresentam demência ou perda de funções cognitivas, ocasionadas pela degeneração de células cerebrais.

O primeiro sinal da doença é a perda de memória recente, porém, com sua progressão continuada vão aparecendo sinais mais graves, como dificuldade em planejar ou resolver problemas, perda de memória remota (lembranças do passado), perda da noção de tempo e desorientação, irritabilidade, problemas na fala, entre outros sintomas.

Em casos mais graves, o paciente pode apresentar perda da capacidade de executar tarefas cotidianas, tornando-se completamente dependente. Embora a cura para a doença ainda não tenha sido descoberta, com tratamentos e cuidados adequados nos mais variados pontos de atenção, é possível promover uma maior sobrevida e melhor qualidade de vida para a pessoa acometida pela Doença de Alzheimer.

Quais cuidados devemos ter com o paciente de Alzheimer?
1- Evitar lugares com muitas pessoas e onde haja muito barulho. Esses lugares podem deixar a pessoa agitada e confusa; 
2- Não acelerar processos. O paciente de Alzheimer reage melhor a uma vida de rotinas e essas atividades cotidianas devem ser feitas a seu devido tempo. Exemplos: caminhar, comer, higiene pessoal etc;
3- Procure oferecer liberdade. É importante que a pessoa tenha o máximo de autonomia possível para que não se sinta escravizada pela doença. Evite falar sobre o problema na frente da pessoa e tente estabelecer rotinas que permitam a ela ter o máximo de liberdade;
4- Corpo e mente ativos é um fator essencial. Manter atividades físicas e mentais é um dos principais fatores para melhorar a qualidade de vida de quem sofre com o Alzheimer, em certos casos, isso ajuda a retardar o avanço da doença.

Segundo a Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz), no mundo há aproximadamente 35,6 milhões de pessoas com a Doença de Alzheimer, no Brasil existem cerca de 1,2 milhões de casos, a maior parte ainda sem diagnóstico. O portador da Doença de Alzheimer precisa de tratamentos especiais e principalmente de carinho, amor, respeito e atenção.

Fonte:
Associação Brasileira de Alzheimer
Alzheimer Med
Alzheimer Portugal
Alzheimer 360

Leia também:
Atividades físicas na terceira idade podem ajudar a preservar o cérebro
Medicação para diabetes pode retardar o avanço de Alzheimer
Diabetes e Mal de Alzheimer: qual a relação entre as duas doenças?
Saiba como funciona o adesivo utilizado no tratamento de Alzheimer

Redatora: Paula Ávila 
Designer: Raphael Alpoim
Revisor e Diretor técnico: Geraldo Majella


  • Gostou? Compartilhe: