Uma mulher de meia idade se alimentando de um copo com diferentes frutas picadas, e os dizeres: Como a alimentação pode interferir nos sintomas da menopausa?

Como a alimentação pode interferir nos sintomas da menopausa?

Data de publicação: 24/06/2019 14:41:00
Categoria: Saúde da Mulher

As escolhas na alimentação podem resultar em bem ou mal-estar para mulheres na menopausa. Apesar do desejo por alimentos doces e gordurosos ser comum, consumi-los pode agravar condições como o ganho de peso, a fadiga e as mudanças de humor.

Comer bem e se exercitar são as dicas do nutricionista Mickey Harpaz para as mulheres que estão passando por essa fase. O profissional destaca que alguns alimentos como os que contém gorduras, açúcar ou grãos refinados devem ser evitados.

O que não comer durante a menopausa?
Os cortes gordurosos de carne devem ser evitados – e as gorduras gerais devem representar menos de 20% da dieta diária de uma mulher na menopausa. Carnes mais magras, como peito de frango, são preferíveis a outros tipos como a picanha. De acordo com Harpaz, é comum que mulheres ganhem de 2 a 6 quilos nos primeiros dois anos de menopausa, e para controlar o ganho de peso é importante evitar o consumo de gorduras.

Além de facilitar o ganho de peso, o açúcar pode agravar a fadiga na menopausa, e por isso deve ser evitado. A orientação de Harpaz é que os açúcares sejam consumidos em pequenas quantidades ou substituídos por frutas e vegetais.

Carboidratos refinados também podem aumentar a fadiga, além de influenciar as alterações de humor. Alimentos como pão branco, macarrão, milho, arroz e batata devem ser consumidos em menores quantidades, ou substituídos por cereais integrais.

Os problemas para dormir e as ondas de calor são características comuns da menopausa, e podem ser agravados pelo consumo de alimentos com cafeína, como café e alguns chás. O café é um estimulante que pode prejudicar o sono caso consumido depois do meio dia, afetar o humor e, quando acompanhado de cremes, açúcar ou biscoitos, deixa a dieta menos saudável.

Um copo de vinho não é o suficiente para piorar os sintomas da menopausa, mas consumir álcool regularmente pode contribuir para o cansaço e o mau humor. Dois ou mais drinks por dia são o suficiente para adicionar calorias à dieta e agravar os problemas da menopausa.

Os alimentos picantes podem agravar as ondas de calor causadas pela menopausa, já que aumentam a temperatura corporal e a produção de suor. Optar por doses menores desse tipo de comida pode ser uma estratégia para evitar esses sintomas.
O mesmo problema das ondas de calor pode ser causado por alimentos quentes, como sopas e caldos Fazer lanches frescos, como saladas, vegetais crus, frutas e água gelada podem ajudar a controlar a sensação de calor.

Fonte:
Everyday Health
Tradutora e redatora: Daniela Souza
Revisora: Paula Ávila
Designer: Raphael Alpoim
Diretor Geral: Geraldo Majella

  • Gostou? Compartilhe: