Uma mulher com o rosto manchado por hiperpigmentação, e os dizeres: Você sabe o que é hiperpigmentação na pele e o que ela causa

Você sabe o que é hiperpigmentação na pele e o que ela causa?

Data de publicação: 23/05/2019 13:18:00
Categoria: Estética e Beleza

Por Jennifer Benjamin

A hiperpigmentação é um problema de pele com causas variadas, que leva ao surgimento de manchas e pintas pela pele. No caso do rosto, que tem a superfície ainda mais delicada, alguns truques são necessários para não piorar o escurecimento desses pontos.

Nada de cutucar!
Espinhas, cravos e picadas de mosquito são uma tentação! Os desejos de coçar e cutucar são intensos, mas isso pode agravar ainda mais as manchas na pele, já que a fricção piora a inflamação responsável pela hiperpigmentação.

Corte o mal pela raiz
Busque um dermatologista para tratar a hiperpigmentação. O tratamento deve ser feito depois que a pele estiver menos irritada, usando produtos com vitamina C, raiz de alcaçuz e ácido kójico, que podem ajudar a clarear as manchas na pele. Outros ingredientes contribuem para reverter os danos provocados pelo sol, estimulando a renovação celular.

É importante tomar cuidado com os tratamentos e com a exposição ao sol. Seguir as recomendações do dermatologista corretamente é essencial para que a hiperpigmentação reduza.

Intensifique a hidratação
Além de tratar as manchas, hidratar a pele pode acelerar o processo de clareamento das manchas. Produtos hidratantes com glicerina, ácido hialurônico e até retinol contribuem para a renovação celular e permitem que tratamento de hiperpigmentação seja mais eficiente.

Aposte na tecnologia
Alguns tipos de hiperpigmentação podem ser resistentes a tratamentos convencionais e para esses casos, as soluções tecnológicas podem ser as mais indicadas – como o laser ou peelings químicos. Vale ressaltar que é importante consultar um dermatologista antes de qualquer procedimento, já que em alguns casos, como o de melasma, esses tratamentos podem piorar a hiperpigmentação.

Previna novas manchas
A propensão à hiperpigmentação aumenta as chances de que apareçam novas manchas no futuro. Por isso, é preciso estar atento a gatilhos como espinhas e cravos, além de prevenir-se contra a picada de insetos. O protetor solar é um item obrigatório para proteção da pele, principalmente porque os raios solares podem intensificar as áreas mais escuras.

Fonte:
Everyday Health
Tradutora e redatora: Daniela Souza
Revisora: Paula Ávila
Designer: Raphael Alpoim
Diretor técnico: Geraldo Majella

  • Gostou? Compartilhe: