Alimentos que aumentam a energia diária: saiba quais são os top 10

Data de publicação: 16/04/2019 20:05:00
Categoria: Alimentação e Saúde

Por Karen Appold

Biscoitos, bolos e café podem não ser os melhores alimentos para melhorar a energia durante o dia. O cafezinho pode causar o efeito oposto e a digestão rápida dos carboidratos pode fazer com que o ânimo conferido pelos doces dure muito pouco, resultando em uma montanha russa de animação e desânimo.

Além disso, a queda da quantidade de açúcar no sangue faz com que o desejo por lanches energéticos aumente, criando um ciclo constante. Por isso, os alimentos mais indicados são aqueles digeridos lentamente, já que dão sensação de satisfação por mais tempo. Entre eles, estão os lanches ricos em proteína, fibras e carboidratos complexos – como nozes, iogurte natural e grãos integrais.

Escolher lanches inteligentes é uma boa estratégia em refeições como o café da manhã ou o lanche da tarde, já que podem fornecer estímulo e até tornar o trabalho mais fácil, sem prejudicar a saúde ou aumentar o peso. O consumo de proteína, por exemplo, contribui para produção de uma substância que regula a concentração, melhorando o foco.

Além disso, uma boa saúde também depende de boas escolhas alimentares. Escolher alimentos mais saudáveis pode reduzir as chances de desenvolver doenças como a diabetes e os problemas cardíacos, e os cientistas também associam a alimentação saudável à proteção contra os riscos de Alzheimer.

Confira a lista de alimentos saudáveis para começar o dia ou repor as energias no meio da tarde:

Amêndoas
Fonte de magnésio e vitamina B, as amêndoas são uma ótima opção de lanche. Seus principais nutrientes ajudam a converter alimentos em energia, prevenindo o cansaço e a fadiga. É importante atentar-se à quantidade ingerida, limitando as porções a cerca de 23 amêndoas por refeição, para não desequilibrar a alimentação.

Pipoca
Entre os petiscos crocantes, a pipoca é a melhor opção. Desde que temperadas com ervas, ela oferece fibras e baixas calorias, além de promover maior saciedade que os demais chips. A forma mais saudável de consumir pipoca é estourando os grãos na panela ou pipoqueira, deixando de lado a manteiga, o óleo, e o sal. Pipocas industrializadas para preparo no micro-ondas também devem ser evitadas.

Manteiga de amendoim
Rica em gorduras boas e proteína, a manteiga de amendoim pode adicionar um impulso de energia ao lanche. Apesar de ser calórica, é uma opção rica em proteínas, fibras e gorduras saudáveis, o que aumenta a sensação de saciedade. É importante prestar atenção aos rótulos e evitar marcas que adicionem açúcar e limitar as porções a duas colheres de sopa.

Salmão
O ômega 3 presente no salmão é um excelente alimento para o cérebro, podendo reduzir os efeitos da depressão e melhorando o humor. Além disso, esse peixe é uma boa escolha para o coração, já que ajuda a reduzir o colesterol e a pressão arterial. As proteínas desse alimento contribuem para a saciedade, fazendo com que o salmão renda uma refeição energizante e saudável.

Bananas
Fonte de potássio, as bananas são um lanche rápido e prático. Suas fibras, vitaminas e potássio fazem delas uma boa escolha para aumentar a energia e manter os músculos saudáveis – principalmente quando consumida antes ou depois do treino físico. Para um café da manhã cheio de energia, a banana pode ser combinada a um copo de leite desnatado ou uma xícara de iogurte.

Couve
A couve é um alimento rico em aminoácidos, antioxidantes e fibras, o que deixa o cérebro alerta e ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis. Além disso, a couve é um alimento versátil, que pode ser refogado e servido como acompanhamento, adicionado a sopas, usado como base em saladas e até mesmo como ingredientes em sucos e massas.

Aveia
A aveia é rica em fibras e, por isso, é uma boa escolha para o café da manhã. Além de contribuir para o funcionamento do intestino, ela demora a ser digerida e por isso mantém o corpo satisfeito por mais tempo, reduz a vontade de consumir doces e outros alimentos menos saudáveis.

Pistache
Cerca de 25 pistaches contêm apenas 100 calorias, o que faz com que sua combinação de proteínas, fibras e gorduras monoinsaturadas seja perfeita para um lanche nutritivo. Além disso, a tarefa de remover as cascas do pistache torna mais fácil comer devagar o suficiente para que o cérebro perceba que está satisfeito.

Húmus
O húmus é um molho mediterrâneo com ingredientes simples: grão-de-bico, tahine feito com gergelim, azeite de oliva e suco de limão. Esses alimentos combinados são fonte de proteína e nutrientes que estabilizam o açúcar no sangue, dão satisfação e aumentam a energia. Versátil, o húmus pode servir como molho para acompanhar vegetais frescos, como cenoura ou pimentões, sendo uma boa opção de lanche para a tarde. Ele também pode substituir a maionese em sanduiches.

Iogurte grego
O iogurte grego pode oferecer até o dobro de proteína, quando comparado a outras variedades desse tipo de alimento – cerca de 17 gramas a cada 177 ml. No café da manhã ou no lanche da tarde, ele pode ser misturado com frutas frescas ou nozes, deixando a refeição ainda mais nutritiva. A melhor opção para esse alimento é a desnatada, que contém menos açúcar.

Fonte:
Everyday Health
Tradutora e Redatora: Daniela Souza
Revisora: Paula Ávila
Designer: Raphael Alpoim
Diretor Geral: Geraldo Majella

  • Gostou? Compartilhe: