A mão de um médico examinando a mão de um idoso, com os dizeres: Doenças reumáticas

Reumatismo: quais são as principais doenças e sintomas?

Data de publicação: 30/10/2019 12:00:00
Categoria: Doenças e Sintomas

O medo do reumatismo assombra muitas pessoas, mas o que poucos sabem é que o termo se refere a aproximadamente 150 tipos diferentes de doenças, que geralmente causam inflamações e levam a dores ou dificuldades de mobilidade. De acordo com o Ministério da Saúde, 15 milhões de brasileiros sofrem de reumatismo.

Uma das possíveis complicações dessas enfermidades é a perda de mobilidade e incapacidade física, porém além de afetar músculos, articulações, tendões, ligamentos e ossos, as doenças reumáticas atingem outros órgãos como rins, coração, pulmões, olhos e até mesmo a pele.

Quais são as principais doenças reumáticas?
Entre as doenças reumáticas mais comuns estão a artrose, artrite reumatoide, lúpus, fibromialgia, tendinites, bursite, gota, febre reumática e osteoporose. A Sociedade Brasileira de Reumatologia também inclui lombalgia e vasculite, que é caracterizada pela inflamação de vasos sanguíneos. 

Quais são os sintomas das doenças reumáticas?
O principal sintoma das doenças reumáticas são as dores nas articulações, principalmente quando persistem por mais de seis semanas. Em geral, o incômodo vem acompanhado de inchaço, vermelhidão e calor nas áreas afetadas. Além disso, a dificuldade de movimentar as articulações, sobretudo ao acordar, pode ser um sinal de alerta para essas doenças. 

Dores e dificuldades ao realizar tarefas comuns como escovar os dentes, calçar os sapatos ou pentear os cabelos são características de doenças reumáticas, e é importante buscar auxílio médico assim que o paciente perceber a presença desses sintomas. É a partir do diagnóstico e do tratamento apropriado que o paciente aumenta sua chance de ter uma vida normal e sem dores, com baixo risco de perda de mobilidade e incapacidade física.

Como são tratadas as doenças reumáticas?
Cada doença reumática pode ter um tratamento diferente, dependendo de como afeta o organismo. Os tratamentos mais comuns para as inflamações que afetam as articulações, por exemplo, são feitos com o uso de anti-inflamatórios. O uso de medicamentos também pode ser associado à fisioterapia e às atividades físicas. 

Já as doenças reumáticas autoimunes, como lúpus, são tratadas com imunossupressores. O mais importante é que o paciente evite se automedicar e busque ajuda médica para garantir um diagnóstico de sua condição e definir qual a melhor forma de tratamento.

Que fatores podem agravar as doenças reumáticas?
Como o grupo de doenças reumáticas é muito grande, ele afeta pessoas de todas as idades. Porém algumas doenças são mais comuns em alguns grupos. A gota é uma doença que afeta mais os homens, enquanto as mulheres são vítimas mais comuns do lúpus e da artrite reumatoide. A artrose costuma ser mais comum em idosos, já a reumatoide juvenil é mais comum em crianças. 

Alguns fatores podem agravar as doenças reumáticas e a qualidade de vida, entre eles estão a obesidade, o sedentarismo, o estresse, a ansiedade, a depressão e as condições climáticas.

Fontes
Hospital Sírio-Libanês
Biblioteca Virtual em Saúde
Blog da Saúde
Sociedade Brasileira de Reumatologia
Redatora e tradutora: Daniela Souza
Revisora: Paula Ávila
Designer: Raphael Alpoim
Diretor Técnico: Geraldo Majella


  • Gostou? Compartilhe: